#Emmanuelle Thomaziello

29 de agosto de 2015, 14h20

Acusada de furar boneco de Lula sofre linchamento no Facebook

A líder estudantil Emmanuelle Thomaziello, acusada de furar o boneco de Lula com um estilete, nesta sexta-feira, 28, no centro de São Paulo, está sofrendo um linchamento virtual em sua conta no Facebook; extremistas de direita descobriram sua conta e estão insultando a jovem. O PT vai apresentar uma petição à polícia para que "o verdadeiro dono se apresente, com nota fiscal da compra do boneco. Só assim será possível começar a discutir".