#esquerda tradicional

12 de abril de 2014, 14h40

Eduardo Galeano: “Para mim, essa prosa da esquerda tradicional é pesadíssima”

Na Bienal de Brasília, escritor falou a respeito de sua obra mais famosa, As Veias Abertas da América Latina, e sobre o ofício da escrita. "Minha única ambição é ser um escritor capaz de reproduzir a esperança, a razão e a falta de razão deste mundo louco que ninguém sabe para onde vai"