#Estreito

26 de abril de 2007, 17h36

Protesto e Justiça paralisam a hidrelétrica de Estreito

Desde segunda-feira, 16, centenas de ribeirinhos, pescadores e indígenas protestam contra a construção da hidrelétrica de Estreito, na divisa dos Estados de Tocantins e Maranhã. Se o projeto sair do papel, como prevê o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), os povos da região perderão suas terras, meios produtivos de sustento, cultura e identidade.