#execração pública

04 de dezembro de 2017, 11h52

O suicídio do Reitor: a política de execração pública

O caso do Reitor é gravíssimo, exige investigação e atribuição de responsabilidades que leve em conta o que expressamente está denunciado pela vítima.