#face agrária

31 de janeiro de 2017, 15h22

De trabalho escravo a marketing ambiental: a face agrária de Eike Batista

Empresário admitiu produzir carvão com madeira de desmatamento; construiu em terras indígenas e adquiriu centenas de imóveis rurais Por Alceu Luís Castilho, no De Olho Nos Ruralistas De empresário mais admirado à prisão em Bangu 9, Eike Batista teve uma trajetória marcada pela bajulação e pela vista grossa a seus métodos. Do ponto de vista […]