#Fazal Sheikh

26 de maio de 2016, 13h25

Grande Sertão Israelense

“O sertão é o mundo.” A universalidade das ternuras e dos dilemas humanos foi um dos motes da obra máxima de Guimarães Rosa, Grande Sertão Veredas. Apesar dos limites geográficos do sertão brasileiro, o alcance das mesquinharias, amizades, traições, conflitos e amores que Rosa descreve permite que o texto comunique com leitores de qualquer parte, origem e etnia, mesmo diante dos desafios de tradução dadas as peculiaridades da linguagem do escritor.