#feminicídios juvenis

03 de julho de 2012, 21h20

“Feminicídio precisa ser visto como crime hediondo”

Em entrevista, a professora e socióloga Maria Dolores de Brito Mota explica por que mulheres continuam sendo assassinadas no Brasil