#fiel

04 de setembro de 2015, 16h49

Igreja Universal é condenada a pagar R$ 300 mil por induzir fiel a parar tratamento contra AIDS

O homem abandonou o tratamento médico contra a AIDS por influência da Igreja, que prometia a cura pela fé, além de ter sido levado a fazer sexo com a esposa sem preservativo, o que acabou transmitindo a ela o vírus HIV. O fiel doou bens materiais à instituição e, depois disso, chegou a ficar internado 77 dias, sendo 40 em coma induzido.