#Fila de Exames

05 de abril de 2017, 12h20

Dória e a sua contabilidade contra a vida

Ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, denuncia estratégia do prefeito João Doria para reduzir as filas de exames em São Paulo: “Os hospitais privados, que realizaram apenas 70 mil atendimentos, receberam R$ 9 milhões, enquanto os públicos realizaram 273 mil atendimentos e receberam R$ 8 milhões. Ou seja, na contabilidade criativa contra a vida, quem sai da fila sem fazer exame são exatamente os que mais precisam”.


05 de abril de 2017, 12h20

Dória e a sua contabilidade contra a vida

Ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, denuncia estratégia do prefeito João Doria para reduzir as filas de exames em São Paulo: “Os hospitais privados, que realizaram apenas 70 mil atendimentos, receberam R$ 9 milhões, enquanto os públicos realizaram 273 mil atendimentos e receberam R$ 8 milhões. Ou seja, na contabilidade criativa contra a vida, quem sai da fila sem fazer exame são exatamente os que mais precisam”.


05 de abril de 2017, 12h20

Dória e a sua contabilidade contra a vida

Ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, denuncia estratégia do prefeito João Doria para reduzir as filas de exames em São Paulo: “Os hospitais privados, que realizaram apenas 70 mil atendimentos, receberam R$ 9 milhões, enquanto os públicos realizaram 273 mil atendimentos e receberam R$ 8 milhões. Ou seja, na contabilidade criativa contra a vida, quem sai da fila sem fazer exame são exatamente os que mais precisam”.