#Frei Sérgio Görgen

19 de agosto de 2018, 10h33

Com saúde fragilizada, grevistas de fome passam a fazer uso de camas hospitalares e cadeiras de roda

“Os sete grevistas estão cada vez mais debilitados, vulneráveis a qualquer tipo de infecção viral ou bacteriana, pois a imunidade em todos eles, está bastante baixa”, explica a Médica que integra a equipe de saúde da Greve de Fome