#Freyre

01 de setembro de 2012, 14h04

Cenas Dizíveis e Indizíveis: Raça e Sexualidade em Gilberto Freyre

O que segue abaixo é um link para meu mais recente artigo acadêmico, um estudo relativamente longo (8000 palavras) da interseção entre raça e sexualidade na obra de Gilberto Freyre, especialmente na trilogia Introdução à sociedade patriarcal no Brasil (Casa Grande e Senzala, Sobrados e mucambos, Ordem e progresso).  O texto pode interessar também a […]


24 de setembro de 2011, 04h58

Palestra em Uberlândia (26/09 às 16h): O dizível e o indizível do sexo em Freyre

Nesta segunda-feira, 29/09, no campus da Universidade Federal de Uberlândia, apresento — a gentil convite da instituição, que me leva ao Brasil juntamente com a UFG-Jataí e a UFG-Goiânia — palestra sobre sexualidade, gênero e raça em Gilberto Freyre. O texto está estruturado em torno a um par conceitual (o dizível e o indizível) e […]


18 de setembro de 2011, 16h33

A Caixa Econômica Federal, a política do branqueamento e a poupança dos escravos, por Ana Maria Gonçalves

“São tanto mais de admirar e até de maravilhar essas qualidades de medida, de tato, de bom gosto, em suma de elegância, na vida e na arte de Machado de Assis, que elas são justamente as mais alheias ao nosso gênio nacional e, muito particularmente, aos mestiços como ele. […]. Mulato, foi de fato um […]