#Fundação Internacional de Direitos Humanos

03 de setembro de 2016, 16h51

“Reconhecemos Dilma como atual e única chefe de Estado do Brasil”, diz Fundação Internacional de Direitos Humanos

Entidade divulgou uma nota criticando o golpe ao afirmar que considera apenas Dilma Rousseff como presidente legítima no Brasil; leia o comunicado na íntegra.