#futebol

04 de julho de 2017, 15h04

É hora de vestir a camisa: precisamos do feminismo no futebol

Por Francine Malessa, convidada especial Pouco mais de um mês após a ação #MulheresNoFutebol, tive a oportunidade de participar de um evento para falar sobre o protagonismo feminino no esporte, como integrante da Força Feminina Colorada, torcida exclusivamente feminina do Internacional, de Porto Alegre, e única organizada do gênero reconhecida por clube e Ministério Público […]


10 de maio de 2017, 10h39

#MulheresNoFutebol: a luta delas contra o machismo desse esporte

Texto por Francine Malessa e Thaís Campolina. “Por que toda vez que uma mulher diz que torce para um time, um cara chega e pergunta a escalação?”. A mania masculina de duvidar da capacidade das mulheres em compreender o futebol foi um dos assuntos que mais bombou na ação #MulheresNoFutebol, que ocorreu nas redes sociais, […]


04 de maio de 2017, 09h01

#MulheresNoFutebol: a invisibilidade que ainda persiste

Texto por Francine Malessa, convidada especial. Abra uma janela de pesquisa na internet e digite “técnica da Seleção Brasileira”. Não se assuste, vai aparecer justamente a foto do Tite no lugar da Emily Lima e, sim, o Tite é o técnico da Seleção Brasileira – Masculina. Enquanto isto, a técnica da Seleção Feminina aparece em […]


25 de abril de 2017, 14h38

#Mulheresnofutebol: vamos ouvir o que elas tem a dizer?

Por Thaís Campolina. O futebol é considerado uma paixão nacional, mas segue sendo excludente com as mulheres. O machismo nesse esporte é praticamente uma tradição: os xingamentos de muitos torcedores contra torcidas rivais e arbitragem se baseiam no machismo que coloca a mulher como algo tão inferior que ser chamado de “mulherzinha” ou algum nome […]


20 de fevereiro de 2016, 13h13

Musas não, torcedoras

Por Thaís Campolina O machismo no futebol é notável: somos vistas como objetos, somos eleitas musas, ouvimos piadinha sobre não entendermos de futebol, sofremos com perguntas como “mas você sabe mesmo a regra do impedimento?”, ouvimos a torcida xingar jogadores falando “mulherzinha” e usar nomes femininos pra ofender times adversários, fomos zoadas por jogarmos futebol […]


09 de julho de 2014, 18h48

Violência doméstica não é piada!

Alemanha não “estuprou” o Brasil. Eles simplesmente ganharam. Desde quando estuprar se tornou equivalente a ganhar? Escolha suas palavras com sabedoria. Texto de Thaís Campolina O futebol ainda é um reduto masculino quase intocável: no Brasil, apenas o futebol masculino é valorizado, o jornalismo esportivo tem como uma das principais pautas musificar torcedoras, jornalistas, bandeirinhas e […]