#Gautama

06 de junho de 2007, 20h26

Rondeau pede demissão “irreversível”; Sarney faz o anúncio

José Sarney (PMDB-AP) é padrinho político de Silas Rondeau e, desde a véspera, aconselhou-o a não ficar no cargo, diante de investigações da Polícia Federal que envolvem seu nome no sistema de fraudes trazido a público pela Operação Navalha


06 de junho de 2007, 19h53

Operação Navalha criou clima de “tensão” entre políticos e empresários

Tão logo a Polícia Federal começou a revelar os laços de "intimidade" do dono da empreiteira Gautama com os círculos do poder, um clima de nervosismo passou a dominar os corredores do Congresso e os gabinetes do governo federal e de muitos governos estaduais e prefeituras. E não só nas esferas de governo, mas também nos escritórios de muitas empreiteiras, o clima é de apreensão. Isso porque ninguém, nem mesmo a Polícia Federal, sabe até onde as investigações irão chegar