#Golpismo Midiático

20 de março de 2016, 10h24

De anti-Collor a anti-Dilma: 24 anos depois midiatização e neomoralismo

Depois de pouco mais de duas décadas o País está às voltas com manifestações de apoio ao impeachment de um presidente da República. As manifestações do último domingo na Avenida Paulista, em São Paulo, foram consideradas “sem precedentes”, tanto em número de participantes quanto à infraestrutura formada por trios elétricos, canhões de luzes, áreas VIP […]


06 de março de 2016, 20h39

Lula prisioneiro em narrativa transmídia da série “House of Cards”

Cinco horas da manhã de 04/03, sexta-feira: o Netflix libera no Brasil a quarta temporada da série “House of Cards”. Uma hora depois a TV Globo começa a transmitir ao vivo a 24a etapa da Operação Lava Jato onde 200 agentes da Polícia Federal rumam a São Bernando/SP para o ex-presidente Lula ser alvo de condução […]


12 de dezembro de 2012, 14h25

Diga lá, amigo. Além de odiar o Lula, o que mais você faz na vida?

Sugestão do Cleverson Lima, via Facebook: “É difícil permanecer calado diante da verdadeira campanha de desmoralização, orquestrada principalmente pela imprensa e mídia, contra o ex-presidente, a quem desejam transformar, a qualquer custo e não importam os meios, em um criminoso.” Por: Clóvis Grunner*, no Rodopiou Se os Josés Dirceu e Genoínos proclamam inocência e alegam ter […]


25 de setembro de 2010, 02h58

O que é golpismo midiático?


24 de setembro de 2010, 11h18

Passei calor pra atentar contra as liberdades!

Fui ao Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, ontem, para atentar contra a liberdade de imprensa. Confesso: não foi fácil. Depois de passar pela horda de malfeitores que se aglomerava na rua, nos corredores e nas escadas, consegui entrar no auditório. E me aboletei num cantinho, bem ao lado de um ventilador: no ambiente calorento, era o lugar ideal para atentar contra as liberdades!


19 de setembro de 2010, 19h14

“Venezuelização” do Brasil – pela direita

A velha imprensa brasileira e a oposição ao governo Lula passaram anos assombrando o país com o fantasma da "venezuelização". O risco, diziam, era Lula adotar a tática do confronto - como Hugo Chavez. Lula manteve-se impávido. Agora, diante da iminência da derrota, a venezuelização" ressurge. Pela direita. A velha mídia e a oposição é que passam a adotar a tática golpista.


17 de setembro de 2010, 10h33

Ato em defesa da democracia no Brasil, legalidade nas eleições

Eu não sei o que meus amigos farão, mas eu sei o que eu farei: irei para as ruas, resistirei a qualquer tentativa de golpe, o Brasil não é Honduras. Não é possível que cinco corporações midiáticas, sem nenhum fato concreto, sem nenhuma prova continuem agindo como estão, buscando destruir a respeitabilidade de instituições sérias […]