#grave risco

29 de agosto de 2017, 11h49

O fantasma do cobre

A simples existência do decreto sancionado por Michel Temer seria motivo para colocar em grave risco várias unidades de conservação espalhadas pela floresta amazônica e a existência de grupos indígenas.