#Grindr

22 de Maio de 2015, 10h55

Pastor homofóbico é flagrado em aplicativo de encontros gays nos EUA

Após o vazamento de fotos em que aparece nu e de conversas marcando encontros com outros usuários do Grindr, Matthew Makela deixou a Igreja Luterana St. John, em Michigan.