#Groupon

01 de julho de 2016, 18h21

Justiça ordena Groupon indenizar cliente após ofensa

Mulher recebeu um e-mail onde era chamada de vagabunda e estelionatária. Empresa não anunciou se irá recorrer da decisão.