#guerra híbrida

17 de dezembro de 2018, 16h44

Como envenenar psiquicamente um povo no filme “Os Demônios”

Os tribunais eclesiásticos da Inquisição foram muito mais do que produtos do fanatismo religioso. Foram instrumentos de “lawfare” para a dominação política da Igreja. Em “Os Demônios” a Inquisição é um instrumento de uma estratégia mais ampla que hoje chamamos de “Guerra Híbrida


10 de dezembro de 2018, 15h40

“Coletes Amarelos” na França: a revolução não será televisionada!

Até aqui a grande mídia passa batida para “o déjà vu” dos protestos dos “coletes amarelos” na França: em 2013 as chamadas “Jornadas de Junho” no Brasil foram narradas da mesma maneira como hoje noticiam os protestos franceses. A revolução não será televisionada: a mídia não está relatando o que as pessoas fazem; relatam apenas o que as pessoas fazem para obter a atenção da mídia para o Capitalismo dar um novo salto – o populismo de direita


03 de dezembro de 2018, 15h31

Alarme do Ciberespaço! Tempo Real destruirá a Democracia

A vitória de Bolsonaro foi um dos laboratórios da corrosão da representação política pelo tempo real. E agora, os protestos dos “coletes amarelos” na França promete que essa engenharia será global


23 de outubro de 2018, 15h39

“ZapGate” é o último ato da guerra híbrida

Cinicamente a Globo chama de “guerra virtual” para encobrir o caráter assimétrico da batalha do disparo de milhões de notícias falsas com apoio empresarial pela campanha de Jair Bolsonaro - o "ZapGate"


10 de outubro de 2018, 18h49

Bolsonaro é um avatar. Como enfrentá-lo?

A Nova Direita tem o mesmo elemento de estetização da política criada pelo fascismo histórico: a narrativa ficcional cômica – de programas de humor da TV, Bolsonaro despontou como um “mito” de quem ria-se e não se levava a sério. Por isso, circulou livremente. Hoje, é o protagonista do “gran finale” da guerra híbrida. Como enfrentar um avatar?


25 de setembro de 2018, 22h27

Bolsonaro X Haddad no segundo turno? Guerra híbrida continua vencendo

Para além do impeachment e a prisão de Lula, há um objetivo semiótico mais insidioso: polarização (petismo X anti-petismo) e despolitização - infantilização do debate político através do ódio e irracionalidade de uma opinião pública que se acostumou a odiar a Política. E nesse momento, a grande mídia busca mais uma “bala de prata” para turbinar a polarização


27 de julho de 2018, 14h13

Assassinato da estudante brasileira na Nicarágua revela timing da guerra híbrida

O assassinato da estudante brasileira de medicina na Nicarágua, em meio à violência nas manifestações contra o governo Daniel Ortega, é mais uma evidência de que a crise naquele país segue o roteiro já visto das guerras híbridas no Brasil e no mundo. Timing perfeito.


09 de julho de 2018, 13h36

Por que o Brasil não podia ser campeão?

No rescaldo da eliminação do Brasil diante da Bélgica na Copa da Rússia está sendo mobilizado uma operação de emergência para salvar o alto investimento semiótico-ideológico feito no futebol pela grande mídia e mercado publicitário: salvar Tite e Neymar e colocar em ação o tradicional sacrifício do bode expiatório – o volante Fernandinho


14 de junho de 2018, 17h31

Cinegnose discute bombas semióticas e guerra híbrida na FACIP/Universidade de Uberlândia

Na noite da última quinta-feira este humilde editor do “Cinegnose” ministrou a palestra de abertura do Curso “O Golpe de 2016 e o futuro da democracia”. Saiba mais


04 de junho de 2018, 15h03

Toda a democracia que o dinheiro pode inventar em “Terra Prometida”

Quanto dinheiro é necessário para simular uma discussão pública e democrática? Confrontado com a atual crise política brasileira, fruto da guerra híbrida e geopolítica do petróleo, “Terra Prometida” dá no quê pensar…


28 de maio de 2018, 21h52

O roteiro da greve dos caminhoneiros: um filme já visto?

Greve de caminhoneiros é um filme já assistido em momentos de instabilidade política e social que antecedem golpes políticos


20 de abril de 2018, 15h14

Ocupação do triplex: pontos para a esquerda na guerra semiótica

Finalmente a esquerda marca pontos na atual guerra semiótica no front do campo simbólico da sociedade (grande mídia + opinião pública): a ocupação do indefectível “triplex do Lula” no Guarujá pelo MTST e a Frente Povo Sem Medo apresentou todas as características de um petardo semiótico: Detonação, Letalidade, Dilema Midiático e Dissonância Cognitiva. Uma ocupação […]


09 de abril de 2018, 14h57

Na prisão de Lula mais uma vez a esquerda perde a guerra semiótica

Do significado da data da prisão de Lula determinada por Moro (06/04, dia da morte do “Patriarca da Independência”, José Bonifácio); passando pelo destino do comboio que levava Lula para a PF no bairro da Lapa (ao invés de Congonhas, evitando que a militância petista entrasse em rede nacional fazendo protestos na entrada do aeroporto); […]


27 de março de 2018, 22h18

Nietzsche explica “O Mecanismo”: série explora o veneno psíquico nacional do ressentimento

O diretor José Padilha rebate as acusações de “Fake News” à série brasileira Netflix “O Mecanismo” alegando que é uma obra de ficção: uma “dramatização” da Operação Lava Jato. Porém, como obra de ficção, Padilha atirou no que viu e acertou no que não viu: sem a prisão de Lula, planejada para a semana do […]


19 de março de 2018, 17h30

Sapos verdes e a execução de Marielle: sobe o grau da guerra semiótica brasileira

Em um dia o industrial sem indústria e rentista Paulo Skaf lançava a campanha “Chega de engolir sapo” (ironicamente contra os juros altos) em frente ao prédio da Fiesp diante de um enorme batráquio verde inflado. E no dia seguinte a vereadora do PSOL/RJ Marielle Franco era executada com quatro tiros certeiros na cabeça. Intensifica-se […]