#Itaberli Lozano

18 de janeiro de 2017, 12h48

Testemunha e suspeita de participação no crime diz que viu mãe esfaqueando filho gay

Uma estudante de 15 anos, suspeita de participação no assassinato de Itaberli Lozano, cujo corpo foi achado carbonizado em um canavial, disse à Polícia Civil que presenciou o momento em que a mãe do jovem o matou com uma facada no pescoço, dentro de casa, em Cravinhos (SP).