#Ivo Sartori

22 de dezembro de 2016, 14h43

CNJ decide apurar conduta de desembargador Ivan Sartori

Em julgamento, Sartori disse que “não houve massacre do Carandiru” e pediu a absolvição dos policias militares envolvidos. Por Rede Brasil Atual O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou abertura de inquérito para apurar eventual violação dos deveres do desembargador do Tribunal de São Paulo Ivan Sartori. Em setembro, no julgamento do massacre do Carandiru, […]


22 de novembro de 2016, 12h36

No RS, Ivo Sartori anuncia extinção de fundações, demissões e privatizações

Governador diz que estado vive situação de “calamidade financeira” e apresentou medidas como caminho para “novo futuro” Por Marco Weissheimer, no Sul 21 O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori (PMDB), anunciou nesta segunda-feira, durante solenidade no Palácio Piratini, um pacto que prevê, entre outras medidas, a extinção de nove fundações, a […]


07 de outubro de 2016, 16h50

Mulheres protestam contra a decisão que absolveu PMs do massacre do Carandiru

“Além da gente ter uma Bancada da Bala no Congresso e nas Assembleias Legislativas, agora nós nos deparamos com a bancada da Caneta Assassina”, disse Débora Silva Maria, do Movimento Mães de Maio Por Victor Labaki Movimentos sociais organizaram um ato nesta quinta-feira (8) para protestar contra a decisão do desembargador Ivo Sartori que anulou […]


07 de setembro de 2015, 13h06

A incrível condescendência da mídia diante de dois desastres da oposição

O Rio Grande do Sul e o Paraná, duas das principais economias do país, enfrentam as piores crises de suas histórias recentes. Mas seus governadores contam com o apoio de poderosas estruturas de mídia no plano local e a persistente condescendência de boa parte dos grandes grupos de comunicação em âmbito nacional


31 de julho de 2015, 19h42

Entidades da Brigada Militar do RS anunciam aquartelamento na 2ª feira e pedem que população fique em casa

Associação que representa servidores da Brigada deve protocolar um pedido de prisão do governador José Ivo Sartori pelo descumprimento de uma decisão judicial que impedia o governo gaúcho de parcelar os salários do funcionalismo