#Jardim Gramacho

12 de abril de 2014, 20h40

Aterro de Jardim Gramacho: sobras e restos me interessam

Tive uma visão. Experiência distante das transcendências. Nada a ver com sensações místicas. Algo me tocou fundo como se eu tivesse voltado no tempo. O Brasil nasceu de ressaca. Libertos da colonização portuguesa, nativos e povos africanos segregados aqui receberam a “liberdade” a seco. Sem pedidos de perdão. Sequer houve o processo de ressarcimento pelos […]