#Jean Baudrillard

25 de maio de 2017, 22h03

Ataque em Manchester cria dissidências e armadilha do “meta-terrorismo”

Paris, Bruxelas, Nice, Berlim, Estocolmo, Londres, e agora Manchester. Sempre a recorrências dos mesmos elementos de um roteiro: o terrorista sempre morre no final, um homem-bomba que leva cartão de banco, o inexplicável relaxamento da segurança em uma arena com 21 mil pessoas etc. e etc. Mas dessa vez, as “coincidências” ficaram tão evidentes que […]


24 de abril de 2017, 18h15

Deus joga dados em não-acontecimento da Champ Élysées

Nas imagens da CNN estranhamente a câmera parece dar a deixa para as ações na Champs Élysées: quando veem a câmera bombeiros e paramédicos começam a correr não se sabe para onde, enquanto cruza a cena policiais antimotim com escudos, capacetes fortemente armados em fila – para onde estão indo se a área foi isolada […]


24 de março de 2017, 16h11

Ataque em Londres: mais um atentado que não aconteceu

Mais um atentado, desta vez em Londres com atropelamento em série de civis e invasão dos jardins do Parlamento Britânico por um homem armado com duas facas. O local é ao mesmo tempo icônico e sincrônico: escolhido pelos roteiristas para as cenas mais espetaculares do filme “V de Vingança”, cuja famosa máscara foi inspirada em […]


06 de março de 2017, 17h26

O Barão de Munchausen, reforma da Previdência e a lógica do refém

O material de propaganda do PMDB cujo slogan é “Se Reforma da previdência não sair, tchau Bolsa Família, adeus Fies, sem novas estradas, acabam programas sociais”, mais do que desespero de um governo que corre contra o relógio (Lava Jato e Eleições 2018) revela a natureza do Estado contemporâneo: o terrorismo e a lógica do […]


13 de setembro de 2016, 14h04

Ataques de 11 de setembro foram os primeiros não-acontecimentos transmídia do século XXI

Nesse último domingo foram completados os 15 anos dos atentados de 11 de setembro nos EUA. Barack Obama homenageia os mortos com coroas de flores como fossem a contraprova necessária para dar veracidade a um evento marcado por uma espiral de “teorias conspiratórias”: Falsa Bandeira? Trabalho Interno? Ou simplesmente, a mãe de todos os “não-acontecimentos”? […]


05 de setembro de 2016, 10h58

Impeachment, o não-acontecimento e a psico-história

Comparam a consumação do impeachment de Dilma Rousseff com as circunstâncias do golpe militar de 1964. Lá estavam a força de armas e coturnos. Aqui em 2016, todas as “data venias” dos rapapés de juízes, juristas e parlamentares. Mas os eventos são incomparáveis: lá em 1964 tivemos a tragédia de um evento histórico. Hoje, assistimos […]


17 de agosto de 2016, 18h30

Pokémon Go: bem vindo ao deserto do real!

O filme “Matrix” e o conto “Sobre o Rigor da Ciência” do argentino Jorge Luís Borges ajudam bastante a entender a atual febre em torno do jogo Pokémon GO. Não a compreender o jogo em si (de forma positiva ajuda a nos familiarizar com o ambiente urbano e nos tira do sedentarismo, a velha crítica […]


15 de junho de 2016, 16h40

Massacre em Orlando também não aconteceu

Há pouco mais de seis meses o “Cinegnose” afirmava que o atentado à casa de show Bataclan em Paris não havia acontecido. O mesmo agora ocorreu com o massacre na casa noturna LGBT Pulse, em Orlando, EUA. Claro que essa afirmação é uma alusão à tese do filósofo francês Jean Baudrillard de que eventos atuais […]


22 de abril de 2016, 12h46

Como entender o impeachment com Baudrillard e Deleuze

“Grau Zero da Política” e “Micropolítica”. Esses dois conceitos, respectivamente dos pensadores Jean Baudrillard e Gilles Deleuze, podem nos ajudar a compreender o significado simbólico do atual processo de impeachment contra a presidenta Dilma. Os catorze anos de sucessões de governos petistas teriam criado uma crise simbólica no sistema político: a reversibilidade entre Esquerda e […]


11 de fevereiro de 2016, 09h04

Platão se encontra com Tarantino no documentário “The Wolfpack”

O leitor deve lembrar da alegoria da Caverna de Platão, diálogo filosófico sobre a condição humana prisioneira de imagens simulacros do mundo real. Na inacreditável história contada pelo documentário “The Wolfpack” (2015, disponível no Netflix) de Crystal Moselle, essa alegoria deixa de ser uma tese filosófica para se tornar real: o que aconteceria se o […]


09 de janeiro de 2016, 11h10

Filme “O Clã” mostra a transparência do Mal

Sob a fachada de uma respeitada família de um burocrata do governo aposentado e uma professora primária em um dos bairros mais ricos de Buenos Aires, estava um terrível segredo: no porão daquela casa escondiam-se vítimas de sequestros, friamente assassinados após o pagamento de cada resgate milionário. Baseado em caso real, o filme argentino “O […]


29 de novembro de 2015, 08h50

A lama de Mariana e os atentados de Paris entre os tempos histórico e midiático

Causou estranheza a muitos leitores o título da última postagem: “Os Atentados de Paris não aconteceram”. Então foi tudo montagem? E os mortos? O “Cinegnose” está delirando? Por isso, este humilde blogueiro decidiu fazer mais um postagem detalhando melhor o argumento: os atentados de Paris “não aconteceram”, paradoxalmente, porque foi um acontecimento noticiável. Da lama […]


17 de novembro de 2015, 17h59

Atentados em Paris não aconteceram

Acumulação, consonância e onipresença. Essas três palavras definem a atual cobertura da grande mídia brasileira aos ataques em Paris. Ao contrário da autêntica Chernobyl brasileira em que se transformou a catástrofe ambiental e humana em Mariana/MG com o rompimento das barragens de detritos da Vale do Rio Doce/Samarco. Por que essa diferença de tratamento? Há […]


08 de setembro de 2015, 09h52

Corrupção revela sua parte maldita

Lava-Jato, Operaçao Zelotes, denúncias premiadas etc. A grande faxina comandada pela judicialização da Política busca não apenas investigar a lavagem do dinheiro da corrupção – mas procura simbolicamente “lavar” e “purificar” os próprios sistemas político, financeiro e midiático: afastar das nossas consciências a “parte maldita” da corrupção. As funções econômica e simbólica da própria corrupção […]


25 de agosto de 2015, 10h56

Estágio meteorológico da informação cria presunção da catástrofe

Já foi a época em que a previsão do tempo nos telejornais era uma prestação de serviços para os espectadores saberem se teriam que sair de casa de guarda-chuva ou então se o próximo final de semana seria aproveitável para passeios. Hoje tornou-se um jogo televisual onde os dados dos satélites e os infográficos animados […]