#Joe Sacco

11 de janeiro de 2015, 14h39

Autor de “Palestina”, Joe Sacco questiona limites da sátira em resposta a ataque à Charlie Hebdo

Quadrinista norte-americano é um dos maiores nomes da HQ mundial: "Traços no papel são uma arma, e objetivo da sátira é cortar até o osso. Mas o osso de quem?"