#John de Mol

03 de fevereiro de 2017, 11h43

Globo, pela primeira vez na história, não vende todas as cotas do BBB

Pela primeira vez desde a sua estreia, o programa Big Brother Brasil ainda não conseguiu vender duas de suas seis cotas de patrocínio disponibilizadas pela emissora. Cada cota custa 34,7 milhões de reais. Como não conseguiu vender tudo, os produtores estão fazendo das tripas coração para manter no ar as aparências.