#junho de 2013

22 de abril de 2017, 11h54

Ativistas organizam vigília contra condenação de Rafael Braga

Catador de latas, preso por supostamente portar material explosivo durante as manifestações de junho de 2013 no Rio de Janeiro, é condenado a 11 anos de prisão


18 de agosto de 2016, 15h37

‘Uma grande violação de direito está acontecendo’, diz fotógrafo sobre juiz que o culpou por perder a visão

O fotografo Sérginho perdeu a visão do olho esquerdo em junho de 2013 ao ser alvejado por um tiro de bala de borracha durante ação da PM de São Paulo.


18 de agosto de 2016, 09h56

Juiz culpa fotógrafo que perdeu visão de um olho após tiro de bala de borracha

Justiça negou indenização a Sérgio Andrade da Silva por considerar que ele se posicionou na "linha de tiro" durante o protesto, assumindo o risco de ser atingido. Internautas criaram a hashtag #culpadoporfotografar em solidariedade ao colega.


24 de junho de 2015, 09h50

MPF arquiva inquérito sobre abusos cometidos pela PM em protestos de junho de 2013

Após um ano e três meses, o órgão avaliou que não tem competência para julgar o caso. Os movimentos sociais têm até dez dias para recorrer


04 de abril de 2015, 11h50

Luciana Genro: O Brasil caminha para a direita?

A pergunta não tem uma resposta definida. Dependerá da luta. As condições da esquerda são favoráveis porque tivemos junho de 2013. Mas o legado de junho precisa ser honrado. Há muito espaço para a esquerda crescer e ser a força mais dinâmica, mas precisa ser uma esquerda autêntica


05 de novembro de 2014, 14h20

Por que saímos às ruas?

Passada uma semana do segundo turno da eleição de 2014 um tema parece dominar as conversas: por que saímos às ruas no início do inverno de 2013? Os radicais de direita dirão que não foi para reeleger Dilma Rousseff. A maioria dos brasileiros dirá que não foi para eleger Aécio Neves. Os cariocas dirão que não foi para que Sergio Cabral fizesse seu sucessor e os paulistas dirão que não era para reeleger Geraldo Alckmin. Então saímos às ruas para que mesmo?


12 de dezembro de 2013, 10h50

Junho de 2013: o mês que não terminou

Ocupações, assembleias populares, aulas públicas, entre outras manifestações, começam a fazer parte do cotidiano das cidades brasileiras; são os desdobramentos dos protestos que levaram milhões às ruas