#KGB

31 de janeiro de 2019, 10h25

Classificado como agente da KGB, Ancelmo Gois mostra dados que confirmam censura no MEC de Bolsonaro

Em nota, a pasta diz que abriu sindicância para apurar o sumiço de vídeos da TV INES, que teriam sido retirados do ar em novembro de 2018. Entretanto, Gois disponibiliza dados do histórico do Google que confirmam que os vídeos estariam disponíveis ao menos até o dia 2 de janeiro. Caso foi revelado pela Fórum.


30 de janeiro de 2019, 23h14

Em nota oficial, Ministério da Educação chama jornalista d’O Globo de agente da KGB

Viralizou pelo ridículo: Com o intuito de desqualificar o trabalho jornalístico de Ancelmo Gois, o ministro da Educação adotou uma linguagem um tanto quanto bolsonarista e chegou a citar supostas relações do jornalista com a União Soviética e o serviço secreto comunista


04 de agosto de 2013, 16h30

Caso Snowden: Obama completamente desnorteado

Um dos sinais de que o presidente dos EUA está fora de prumo é a quantidade de erros consecutivos nos contatos com a Rússia