#Libertadores 2013

25 de julho de 2013, 17h51

Nuestra América

Foi dramático, mas não poderia ser de outra forma. Um clube que tem o escritor Aníbal Machado, mestre na narrativa do sofrimento, como o jogador que marcou o primeiro gol da sua história, parece fadado às emoções mais vigorosas