#Ludmilla

13 de setembro de 2018, 17h05

Ludmilla segue Pabllo Vittar e cancela contrato com grife que apoia Bolsonaro

O próprio dono da empresa de calçados, o designer e empresário catarinense Victor Vicenzza, anunciou que a cantora também resolveu romper o contrato que tinha com a marca


06 de junho de 2018, 12h51

Por comentário racista, justiça condena Val Marchiori a indenizar Ludmilla em R$ 10 mil

Na sentença, juíza foi enfática ao dizer que comentário de Marchiori "não teve nada de útil aos telespectadores", "foi racista"


30 de maio de 2018, 12h30

Funk carioca cresce em execuções no Spotify fora do Brasil

"Vai Malandra", de Anitta, é o funk do Rio de Janeiro mais ouvido em todo o mundo de todos os tempos na plataforma


23 de fevereiro de 2018, 17h14

Em tom de provocação, Marina Lima e Antônio Cícero lançam o funk “Só os coxinhas”

A canção, com o linguajar do ritmo, foi baseada na farra dos guardanapos de Sérgio Cabral. Ouça aqui


12 de janeiro de 2018, 10h47

Filha de Eduardo Cunha é ‘promoter’ do camarote de Ronaldinho no carnaval do Rio

O ingresso mais barato custa R$ 800 –preço para o 1º dia de desfiles do grupo de acesso do Carnaval do Rio. O custo, no entanto, poderá chegar a R$ 7.727,40. Cunha afirmou recentemente não ter mais fonte de renda e viver em “situação de absoluta penúria”


18 de janeiro de 2017, 13h10

Apresentador que chamou Ludmilla de “macaca” é afastado do programa

O apresentador Marcão Chumbo Grosso, que chamou a cantora Ludmilla de “macaca”, no programa Balanço Geral DF, da TV Record, foi afastado temporariamente da atração. A intensa reação negativa do vídeo provocou a decisão da emissora. O programa será apresentado nesta quarta-feira (18), pelo jornalista Dionísio Freitas.


18 de janeiro de 2017, 08h28

Ludmilla vai processar apresentador que a chamou de “macaca”

A cantora Ludmilla foi chamada de “macaca” pelo apresentador Marcão Chumbo Grosso. O “chumbo grosso” agora vai se voltar é contra o apresentador, pois ela vai processá-lo por racismo. O sujeito é manjado da região. Além de racista, foi também deputado cassado por abuso de poder econômico e é suspeito de ligações com a máfia dos caça-níqueis na região.