#lulismo

06 de outubro de 2018, 10h13

Haverá segundo turno: e o resultado da guerra está totalmente em aberto

Em novo artigo, Julian Rodrigues diz: “Não existirá espaço para vacilações ou dúvidas. No segundo turno temos a tarefa de fazer eclodir o que há de melhor, o que há de justo, o que há de belo, o que há de razoável e racional em nosso país. Será uma guerra implacável”


24 de setembro de 2018, 22h31

Contragolpe lulista e a crise de identidade da elite

Yuri Martins Fontes escreve: “Qualquer projeto que se pretenda efetivamente transformador tem que se aliar com as ruas. A palavra final vem das ruas (vide Dilma). Vem das bases populares organizadas de quem o PT nunca deveria ter se afastado”


16 de agosto de 2018, 13h29

Fernando Haddad: o bacharel que o lulismo escolheu para chamar de seu

Rodrigo Perez Oliveira, em novo artigo, diz: “A grandeza do protagonista transformou o lulismo em um capital político que, no limite, é intransferível. Hoje, nenhuma liderança viva, a não ser o próprio Lula, é capaz de se apropriar plenamente do lulismo”


20 de julho de 2018, 18h41

Lulismo ou Lulismos: impasse ou um novo capítulo?

Patrícia Valim escreve: “Cabe à esquerda a tarefa de construir a igualdade em todos os tempos e em quaisquer condições históricas. Para tanto, é preciso considerar que os Lulismos não se encerram na figura do Presidente Lula e não esgotaram com a prisão dele”


16 de julho de 2018, 08h27

Por que gritamos e defendemos ‘Lula livre’?

O lulismo é múltiplo e está longe de ter se esgotado. Lula é um Titã que foi condenado arbitrariamente por um justiçamento partidarizado e foi arrancado dos braços do povo para se tornar Gramsci no cárcere fascista


14 de maio de 2018, 11h01

André Singer: “PT ainda é o partido mais enraizado do país”

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o cientista político afirma que “o lulismo sobreviverá, apesar do baque com a prisão do ex-presidente e seu afastamento da atividade política cotidiana”


09 de abril de 2018, 10h02

Gregório Duvivier: “A imbecilidade do antilulismo faz o lulismo ressurgir mais forte do que nunca”

“Quando um dono de puteiro diz que vai dar cerveja de graça por um mês se matarem o Lula na cadeia, fico com vontade de acampar na porta da PF


09 de março de 2018, 18h36

A origem do lulismo e o PSOL

Em novo artigo, Rodrigo Perez Oliveira fala da força da candidatura de Boulos apoiada por Lula. “Boulos talvez seja a liderança brasileira que melhor fez trabalho de base nos últimos vinte anos. E Lula é o Lula. Seria uma candidatura forte, muito forte”


19 de janeiro de 2018, 08h39

“Um mesmo sistema judicial reconhece que o apartamento é e não é de Lula. Hospício ou circo?”, diz Reinaldo Azevedo

O antipetismo e o antilulismo se tornaram uma profissão de vigaristas. E das mais rentáveis


04 de janeiro de 2018, 19h07

É hora de ousar

Em novo artigo, o presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, fala sobre as especulações sobre uma possível candidatura de Guilherme Boulos à presidência. Leia em sua coluna na Fórum  Por Juliano Medeiros* Pode ser inconveniente para as esquerdas que Guilherme Boulos, coordenador do MTST, ceda à pressão de diferentes setores sociais e aceite o convite […]


22 de julho de 2015, 11h34

As coisas não saíram como nós combinamos

O novo filme de Marcelo Masagão como marco e epílogo narrativo para o ciclo do lulismo brasileiro


14 de maio de 2015, 19h42

‘Lulismo vive seu momento mais difícil, mas não podemos ainda decretar seu fim’

Para o cientista político André Singer, o futuro do PT está em aberto, mas ele é enfático em afirmar que o partido hoje gravita fundamentalmente em torno do lulismo. Isso, em sua visão, significa que deixou de ser um “partido de classe”


16 de março de 2015, 12h56

Azenha: depois de um show de intolerância, para Dilma ouvir as ruas tem de aceitar a guilhotina

A presidenta não deveria se preocupar com o milhão que foi às ruas, mas com os milhões que ficaram em casa. E destes ela descuidou ao mexer com o salário desemprego e o Fies, para citar apenas as primeiras contas do rosário. Porém, é líquido e certo que as ruas vistas ontem não querem nada menos que o pescoço dela. Se ela negociar, será sobre as condições da aplicação da guilhotina


09 de fevereiro de 2015, 18h21

Wagner Iglecias: O PT acabou? Viva o PT!

Talvez a conexão que vai sendo feita pela massa entre percepção de piora das condições de vida e a narrativa diuturna sobre escândalos de corrupção envolvendo o petismo explique a queda acentuada da preferência pelo partido na pesquisa Datafolha. Mas também o aumento da massa de brasileiros que já não optam por partido nenhum


23 de outubro de 2013, 15h44

Os limites do neodesenvolvimentismo

As camadas médias do proletariado brasileiro expõem os limites do neodesenvolvimentismo quando mostram a incapacidade do Estado hoje em investir muito mais nas áreas sociais