#M. Officer

23 de março de 2018, 20h17

M. Officer é condenada em segunda instância por trabalho escravo e não pode mais recorrer

Empresa submetia trabalhadores a jornadas que ultrapassavam as 14 horas diárias, com salários baixíssimos e em condições precárias. Além da multa milionária que terá que arcar, marca de roupas pode ser banida do estado de São Paulo


08 de novembro de 2017, 17h44

M. Officer é condenada por trabalho escravo e pode ser banida de São Paulo por 10 anos

Empresa submetia trabalhadores a jornadas que ultrapassavam as 14 horas diárias, com salários baixíssimos e em condições precárias. Além da saída do estado, empresa deve pagar R$6 milhões em multas Por Redação Em decisão proferida nesta quarta-feira (8), a 4ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (TRT-SP) manteve a decisão em primeira […]


08 de novembro de 2016, 09h47

M.Officer é condenada por trabalho escravo e deverá pagar R$ 6 milhões em multa

Empresa dona da marca terceirizava confecção de peças de pequenas oficinas que utilizavam mão de obra boliviana em condições análogas a escrava.


20 de novembro de 2014, 19h37

M. Officer é condenada por trabalho escravo

O Tribunal Regional do Trabalho condenou a empresa diante das condições em que foi encontrado um grupo de trabalhadores em oficinas clandestinas.