#manipulação da informçaão

04 de outubro de 2017, 17h01

“Fact-Checking” é o jornalismo “hipster” que a mídia corporativa adora

A primeira coisa que chama a atenção é que a necessidade de verificação de notícias é justificada por essas agências pelo crescimento da Internet e redes sociais e a “perda dos filtros dos guardiões detentores das notícias” da grande mídia. Ou seja, o pressuposto do fact-checking é corrigir um suposto efeito danoso das mídias alternativas.