#manuscrito

26 de setembro de 2016, 13h55

Cunha pede 20% por livro vendido e adiantamento de R$1 milhão para dizer que impeachment foi golpe

Em livro, Cunha promete explicar porque impeachment foi golpe parlamentar, mas pede valores muito além do mercado editorial brasileiro e tem manuscrito recusado por editoras.