#Mein Kempf

09 de janeiro de 2016, 11h51

Relançamento da obra de Hitler pode impulsionar extrema direita, diz professora

Para antropóloga Adriana Dias, que pesquisa há mais de 15 anos sobre os grupos nazistas, o movimento de extrema direita deve se intensificar. “No Brasil, mais de 200 mil pessoas já leem livros e materiais neonazistas e com a ascensão da direita isso tende a piorar”