#motivações religiosas

12 de novembro de 2017, 13h10

Polícia Civil registra um crime de ódio a cada 12 horas na capital paulista

São ataques de ódio contra negros, gays, imigrantes ou por motivações religiosas