#Mouzar Benedito

09 de abril de 2019, 07h26

Minidicionário para os novos tempos

Baseado em ocupantes de alguns ministérios, seus ideólogos e defensores, o Blog do Mouzar apresenta novas definições para determinadas palavras


08 de março de 2019, 21h53

A monarquia, os reis, os príncipes…

Leia no Blog do Mouzar: “Os príncipes ingleses têm as mídias sociais agora, mas não tive notícia de que tuitam impropérios, ameaças e baixarias como os 'príncipes' daqui”


25 de fevereiro de 2019, 22h14

Roraima e a fronteira Brasil-Venezuela

No Blog do Mouzar, ele conta sua viagem à região, em 2007, e relembra as experiências que vivenciou no local, hoje bastante presente nos noticiários


24 de fevereiro de 2019, 07h20

República com príncipes? (Divagações, meras divagações)

Leia no Blog do Mouzar: “O Brasil é uma república estranha. Aqui, um presidente foi eleito pensando que ia poder reinar, mas está vendo que a coisa não é bem assim”


10 de fevereiro de 2019, 17h37

A ministra e o fiscal de fio

Leia no Blog do Mouzar: "Damares Alves tem um currículo invejável. Além do diploma em uma faculdade de Direito, é mestre em Educação, Direito Constitucional e Direito da Família. Esses títulos de mestrado foram conquistados em que universidade?"


28 de dezembro de 2018, 16h56

Popeye, Saci e seus cachimbos

Mouzar Benedito: “Nessa linha de defesa de mudança de hábitos, tem quem queira mudar também os do Saci, tomar o cachimbinho dele”


03 de dezembro de 2018, 16h33

Caipiras, com muito orgulho

Este livro é uma homenagem ao dialeto caipira, sua cultura, aos modos e às pessoas que o reproduzem geração após geração. Um livro que traz a marca da simplicidade e do humor de seus autores - Mouzar Benedito lança na próxima segunda-feira (10), em São Paulo, seu novo livro "Palavra de Caipira"; saiba mais


17 de maio de 2018, 22h01

Representantes de grupo terrorista

Nova crônica de Mouzar Benedito sobre uma viagem ao Nordeste com os amigos nos anos 70


24 de fevereiro de 2018, 16h48

Por que matar minhocas, se podemos matar gente?

Estamos no limiar de um tempo mais belicoso do que o “normal”, mas restarão resistentes que darão a volta por cima, e serão protagonistas de um “pós-nazi-fascismo” generoso


10 de fevereiro de 2018, 17h48

Tipinhos inesquecíveis

Uma das seções da revista “Seleções” chamava-se (ou chama-se) “Meu tipo inesquecível”. Nessa revista, claro que os “tipos inesquecíveis” eram o que os leitores poderiam chamar de “gente boa”. Pro gosto deles, claro.


12 de dezembro de 2017, 15h36

Divagações sobre Aécio e as onças

Os militares gostaram do poder. Adhemar e Lacerda foram cassados e tiveram seus direitos políticos suspensos. Magalhães Pinto foi poupado, mas também ficou chupando o dedo. Os três morreram durante a ditadura, que durou 21 anos.


29 de novembro de 2017, 15h19

“1968, por aí… Memórias burlescas da ditadura”

Há pessoas saudosas da ditadura que não vivenciaram, e até esperam comemorar o cinquentenário de 1968 trazendo de volta os militares ao poder. Por isso, é bom lembrar como foi.


21 de novembro de 2017, 12h31

Dinheiro, muié e bicho-de-pé

Em Nova Resende, quando eu era criança, quem estava à toa, sem trabalho, vagabundeando (ainda que sem querer, pois podia ser o caso de gente que queria trabalhar, mas não tinha emprego), dizia que estava “trabalhando pro Zé Rezende”.


15 de outubro de 2017, 18h27

Chegou a tua vez, moleque!

Este romance, que escrevi este ano, é um tanto diferente dos que estou habituado a escrever: pode ser considerado mais ingênuo, por exemplo. Mas com humor, como sempre.


12 de setembro de 2017, 15h19

Piadas velhas, malas de ninguém e conversa para boi dormir

É! Com tanta facilidade que os computadores oferecem, é fácil fazer uma montagem com uma foto como aquela. As impressões digitais do sujeito nas notas e nos pacotes? Ah, isso é bobagem. Ficção também. Outra montagem.