#mundo islâmico

27 de abril de 2007, 18h54

Estados Unidos: desconfianças persistentes no mundo islâmico

Seis anos e meio depois que o presidente George W. Bush lançou sua guerra mundial contra o terror, as suspeitas sobre os motivos reais dos Estados Unidos se mantêm constantes no mundo islâmico. No Egito, Marrocos, Indonésia e Paquistão, em média, 75% consideraram que dividir e enfraquecer o mundo islâmico era uma meta-chave da política externa norte-americana.