#não é racista

14 de janeiro de 2018, 16h05

William Waack culpa radicalismo obtuso do ambiente virtual pra justificar seu ato racista

O jornalista, demitido da Globo em razão de ter feito o comentário racista “coisa de preto”, falou pela primeira vez a respeito do caso; ele disse ter feito uma piada a afirmou que “os canalhas do linchamento” querem tirar o “caráter irreverente” do povo brasileiro.