#o livro que levei

30 de novembro de 2018, 13h57

Ajude a criar uma biblioteca com os livros que foram levados às urnas

O movimento de eleitores de levarem livros aos centros de votação durante o segundo turno das eleições presidenciais no Brasil, em outubro de 2018, simbolizou muita coisa: esperança, luta, diversidade, pluralidade etc. Dois publicitários paulistanos consideraram que essa curadoria orgânica, com milhares de curadores espalhados por todo o país, não poderia ser desprezada. Foi assim que  […]