#Paulo César Pereio

04 de janeiro de 2018, 16h48

30 Anos sem Henfil, o inventor da charge política moderna

Durante alguns anos, Henfil promoveu o “enterro” simbólico de várias personalidades que, de alguma forma, se envolveram com o regime militar: Roberto Carlos, Wilson Simonal, Paulo Gracindo, Tarciso Meira, Marília Pêra e, surpreendentemente, Elis Regina, que acabou gravando o sucesso “O Bêbado e a Equilibrista”, onde ele era citado