#Paulo João Estausia

11 de novembro de 2015, 09h04

Sindicalista garante que greve não atende a interesses de caminhoneiros

Presidente da CNTTL, ligada à CUT, diz que, apesar de tática de intimidação e violência, paralisação de estradas "é só um meio de criar tumulto e desestabilização", mas não terá êxito.