#PL 882/2015

25 de março de 2015, 11h26

“Congresso não pode passar por cima do cadáver de milhares de mulheres”, diz Jean Wyllys

Deputado responde às declarações do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de que aborto só será discutido "por cima de seu cadáver". Ontem, psolista protocolou na Casa projeto de lei que legaliza e regulamenta a interrupção voluntária da gravidez