#porteiro

06 de junho de 2017, 16h51

Depois de festa “Se nada der certo”, filho de porteiro dá resposta contundente ao Colégio Marista

“Se nada der certo, vou para o Colégio Marista. Lá pelo menos eu posso esconder meu ser vazio atrás de um patrimônio que consegui pisando nos outros”, escreveu o filho de um porteiro após a repercussão de uma festa de 2015 em que os alunos se fantasiaram de faxineiras, atendentes do McDonalds, vendedores ambulantes e […]