#Praça Tahrir

03 de julho de 2013, 19h04

A narrativa de uma revolução anunciada

Com 82 milhões de habitantes e posição geopolítica estratégica, o Egito viveu entre os dias 25 de janeiro e 11 de fevereiro um processo de mobilização social que pode mudar a história de sua participação política no plano internacional e ao mesmo tempo contribuir para um novo tempo nos países islâmicos


14 de junho de 2012, 13h15

Sete teses sobre as ocupações de 2011*

Os movimentos surgidos em todo o planeta no último ano trazem reflexões e derrubam mitos nos quais boa parte do pensamento político se apoiou recentemente


25 de janeiro de 2012, 13h30

Revolução no Egito completa um ano

Releia matéria publicada na edição da Fórum de março de 2011, que trouxe a cobertura, direto do Cairo, do processo que teve início em 25 de janeiro do ano passado e derrubou o ditador Hosni Mubarak


17 de julho de 2011, 13h28

Praça Tahrir hoje: Revolução Total

More at The Real News __________ Publicidade


10 de julho de 2011, 14h29

Praça Tahrir: os sindicatos também estão presentes

Os sindicatos, na Praça Tahrir: “PRESENTE!” Por: Sarah Lynch, The Christian Science Monitor,Tradução: Vila Vudu 8/7/2011 Foto Khalil Hamra/AP Manifestantes cantam palavras de ordem na Praça Tahrir, ponto focal do levante egípcio no Cairo, nessa 6ª-feira, 8 de julho. Milhares de egípcios tomaram as ruas em todo o país, exigindo justiça para as vítimas de […]


20 de fevereiro de 2011, 21h12

Fisk: revoltas árabes são seculares, por que diabos só se fala em religiões?

São revoltas seculares. Por que só se fala das religiões? Por: Robert Fisk (do Bahrain). The Independent, UK, Tradução: Vila Vudu 20/2/2011 Women united against dictatorship: New flag of #Bahrain #Jan25 Por que, diabos, tantos intérpretes cultos, embora impressionantemente andidemocráticos, insistem em interpretar tão mal as revoltas árabes? Confrontados por uma série de explosões seculares – o […]


11 de fevereiro de 2011, 14h38

Egito: a revolução foi AlJazeerizada, eu vi e printei!

Mais de duas semanas ligada quase 24 horas na Al Jazeera e o mundo todo ligado pôde assistir ao vivo a queda do ditador e a festa do povo na praça da Libertação! Vontade imensa de estar na praça Tahrir e comemorar com o povo! Boa sorte, egípcios na construção de uma real democracia.


10 de fevereiro de 2011, 17h15

Pepe Escobar e a tortura no Egito

Pão, dignidade e mentiras Por: Pepe Escobar, no Asia Times Online Tradução: Vila Vudu 11/2/2011 Centenas de milhares de manifestantes anti-governo egípcio concentram-se na Praça Tahrir Square, em 8 de fevereiro de 2011, sobre o 15 º dia consecutivo de protestos exigindo a destituição do presidente Hosni Mubarak. (UGARTE PEDRO / AFP /Getty Images) E então, o “Sheik al-Tortura” Suleiman avisou que é ou “diálogo com a oposição” ou “um golpe”. O doce homem […]


01 de fevereiro de 2011, 19h57

Egípcios: “queremos derrubar o sistema”

O fator Fraternidade Muçulmana Por: Pepe Escobar, Asia Times Online 1/2/2011 Um milhão em marcha pelas ruas do Cairo nessa 3ª-feira, outro milhão em marcha rumo ao palácio presidencial em Heliópolis na próxima “6ª-feira da Partida”. O principal graffiti – escrito também nos tanque Abrams cor caqui, fabricados nos EUA – ainda é “queremos derrubar […]


01 de fevereiro de 2011, 19h57

Egípcios: “queremos derrubar o sistema”

O fator Fraternidade Muçulmana Por: Pepe Escobar, Asia Times Online 1/2/2011 Um milhão em marcha pelas ruas do Cairo nessa 3ª-feira, outro milhão em marcha rumo ao palácio presidencial em Heliópolis na próxima “6ª-feira da Partida”. O principal graffiti – escrito também nos tanque Abrams cor caqui, fabricados nos EUA – ainda é “queremos derrubar […]


01 de fevereiro de 2011, 19h57

Egípcios: “queremos derrubar o sistema”

O fator Fraternidade Muçulmana Por: Pepe Escobar, Asia Times Online 1/2/2011 Um milhão em marcha pelas ruas do Cairo nessa 3ª-feira, outro milhão em marcha rumo ao palácio presidencial em Heliópolis na próxima “6ª-feira da Partida”. O principal graffiti – escrito também nos tanque Abrams cor caqui, fabricados nos EUA – ainda é “queremos derrubar […]