#Preta Gil

12 de Janeiro de 2018, 10h47

Filha de Eduardo Cunha é ‘promoter’ do camarote de Ronaldinho no carnaval do Rio

O ingresso mais barato custa R$ 800 –preço para o 1º dia de desfiles do grupo de acesso do Carnaval do Rio. O custo, no entanto, poderá chegar a R$ 7.727,40. Cunha afirmou recentemente não ter mais fonte de renda e viver em “situação de absoluta penúria”


10 de Fevereiro de 2017, 14h14

Por taxa de Doria, Preta Gil também desiste de participar do carnaval de São Paulo

Doria esta cobrando R$ 240 mil de taxa para que blocos de fora desfilem na cidade. Por conta disso, já ficaram de fora do carnaval de São Paulo Daniela Mercury, Carlinhos Brown e, agora, Preta Gil.


27 de julho de 2016, 11h31

Preta Gil vai à polícia após ser alvo de racismo no Facebook

Cantora foi vítima de uma onda de ataques e registrou ocorrência na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática; cerca de 100 perfis estão sendo investigados.


21 de Janeiro de 2016, 17h17

Alvo de gordofobia, Preta Gil responde: “Não vou ser escrava de padrão de beleza”

Pelas redes sociais, internautas fizeram críticas preconceituosas em relação ao corpo e a roupa da cantora nas fotos que postou de um show no Rio de Janeiro. Ativa na internet, Preta se disse “chocada com a capacidade do ser humano de ser tão preconceituoso e principalmente ter valores tão deturpados” Por Redação A cantora Preta […]


16 de Maio de 2015, 10h24

Por que Forastieri não pergunta quem paga o casamento das meninas brancas de Alphaville?

Carolina Dieckmann se mudou com a família para uma mansão em um condomínio na Zona Sul do Rio de Janeiro. De acordo com o jornal “Extra”, só o terreno custa R$ 3 milhões". Esta notícia não causou uma onda de indignação, mesmo se tratando da grande amiga e "organizadora" da festa da recém-casada, alvo do surto anti-ostentação seletivo. Em comum elas tem o fato de serem artistas e ricas, a diferença e que Carolina é branca, magra e Dieckmann enquanto a outra é gorda, Preta e Gil


02 de Abril de 2011, 09h00

Bolsonaro, Galliano e liberdade de expressão (?)

No dia 1º. de março, a empresa Christian Dior demitiu o estilista John Galliano pelo fato do mesmo ter ofendido os judeus e dizer que amava Hitler. Houve um quase consenso sobre s medida. O estilista, famoso, foi defenestrado publicamente. O seu advogado no processo que lhe foi movido, também um judeu, foi atacado pela […]