#refugiado sírio

15 de setembro de 2015, 11h10

Refugiado sírio derrubado por cinegrafista húngara diz que “não pode perdoá-la”

No último domingo, Osama Abdel-Muhsen Alghadab, de 52 anos, chegou com o filho de sete à Alemanha, para onde pretende levar o restante da família no futuro; eles foram derrubados por Petra Laszlo quando atravessavam a fronteira da Hungria com a Sérvia