#registros

18 de janeiro de 2018, 07h52

Polícia Federal aperta o cerco a Aécio e pede registros de seu operador

Empresário Oswaldo Borges comandou a licitação da Cidade Administrativa, obra mais cara da gestão do tucano e, segundo um delator da Odebrecht, teria cobrado e recebido dinheiro de propina e caixa 2 em favor do senador do PSDB.