#Rodrigo Perez Oliveira

18 de maio de 2019, 17h23

Nas entrelinhas da carta bomba

Rodrigo Perez Oliveira: Como apoio institucional é tudo que o governo não tem, o cenário que se apresenta é o da tempestade perfeita: isolamento em Brasília, desconfiança do mercado, rejeição nas ruas e um vice-presidente que o tempo inteiro se apresenta como o contraponto de bom senso e moderação


08 de março de 2019, 20h02

O velho do saco vai te pegar!!!

“Por algumas horas, na pessoa de um velho de 73 anos, de um avô destruído pela morte do neto, o Estado provedor brasileiro saiu do cárcere e viu a luz do sol. Andou, acenou. Por onde passou, o povo gritou e chorou”, diz Rodrigo Perez Oliveira


21 de fevereiro de 2019, 23h27

A dor e o prazer da velha direita brasileira

Rodrigo Perez Oliveira: “Se Bolsonaro não controlar a afobação da nova direita dificilmente terminará o mandato. Basta saber se ele terá força pra tanto, se terá capacidade de liderar. Até aqui não teve”


14 de fevereiro de 2019, 19h00

Lula está preso e Sérgio Moro é ministro, babacas

Rodrigo Perez Oliveira: “Lula precisa permanecer preso, completamente incomunicável. Lula é uma ameaça a esse projeto de desmonte do Estado. Talvez seja a única”


04 de fevereiro de 2019, 21h08

O elo mais fraco da corrente

Em novo artigo, Rodrigo Perez Oliveira afirma: “A força do DEM independe da saúde física e política de Jair Bolsonaro”


23 de janeiro de 2019, 19h41

O punhal de Brutus

Rodrigo Perez Oliveira diz que “Moro tem o controle do Coaf e da PF. Se quiser, ele implode com o governo num piscar de olhos”


16 de janeiro de 2019, 17h58

Os bacharéis da resistência

Rodrigo Perez Oliveira: “Há bacharéis dispostos a confrontar a hegemonia daqueles que entregaram seus serviços aos interesses do capital financeiro internacional. Destaco aqui três nomes: Rodrigo Janot, Rogério Favreto e Marco Aurélio Mello”


09 de janeiro de 2019, 16h11

Lula x Bolsonaro: uma comparação necessária

Rodrigo Perez Oliveira: “Bolsonaro não conseguiu apresentar agendas propositivas. Todo o discurso é atravessado pela destruição, pela construção de um inimigo que precisa ser combatido, derrotado, aniquilado”


12 de dezembro de 2018, 15h54

Sobre o começo do governo de Jair Bolsonaro

Rodrigo Perez Oliveira: “A esquerda brasileira vem sofrendo contundentes derrotas. Se fosse possível dar alguma boa notícia em meio a tanto desalento, eu diria que o lado de lá não tá com essa bola toda”


27 de novembro de 2018, 15h53

O lugar de Michel Temer na história do Brasil

Rodrigo Perez de Oliveira: “Michel Temer conseguiu fazer em dois anos e meio o que os militares não fizeram (ou não quiseram fazer) em vinte e um anos, o que FHC não conseguiu fazer em oito anos”


16 de novembro de 2018, 15h27

A maioria pode errar?

Rodrigo Perez Oliveira: “A democracia não é a simples tradução da vontade da maioria. A democracia é o império do bem comum. Nem sempre a maioria sabe o que é o bem comum”


08 de novembro de 2018, 15h39

O primeiro erro de Jair Bolsonaro

Rodrigo Perez Oliveira: “Moro quer a cadeira onde Bolsonaro está sentado. Não duvido que em seus pensamentos mais íntimos, Moro se ache mais merecedor da cadeira do que o presidente eleito”


31 de outubro de 2018, 16h27

O 18 Brumário de Jair Bolsonaro

Em novo artigo, Rodrigo Perez Oliveira diz: “Bolsonaro não surgiu ontem. Ignoramos, não prestamos atenção, subestimamos, debochamos. Acreditamos que o Brasil não se rebaixaria tanto assim. No fundo, bem no fundo, nos iludimos, achando que o Brasil tinha melhorado. Melhorou não. É isso aí mesmo. Sempre foi”


14 de outubro de 2018, 14h41

A refundação do antipetismo

Rodrigo Perez Oliveira: “Creio que hoje, a frente antipetista esteja em um momento de reflexão, assustada com o monstro que criou e sobre o qual perdeu o controle”


26 de setembro de 2018, 20h22

A radicalização da luta de classes no Brasil

Rodrigo Perez Oliveira analisa o cenário político que está sendo proposto para o segundo turno: “É conflito racial, é disputa entre gêneros. É, antes de qualquer coisa, luta de classes, a velha luta de classes. Desde sempre, a história humana é a história da luta de classes”