#Russomano

27 de dezembro de 2016, 09h33

Tira o meu nome dai, pede Russomanno ao Google

Russomano pede para Google não relacionar seu nome ao falido Bar do Alemão, que era de sua propriedade. Tribunal de Justiça de São Paulo nega. Com informações da coluna de Mônica Bérgamo Tribunal de Justiça de São Paulo negou pedido de Celso Russomano para que apague do link do Google a associação do seu nome ao do falido Bar do Alemão, do qual era sócio. O caso foi usado contra Russomano nas eleições. De acordo com o TJ, o Google “apenas faz pesquisa” e que um pedido de remoção deverá ser feito nos sites que publicam as notícias. Ainda cabe recursos.