#santa cruz do sul

07 de maio de 2015, 16h59

Aids e preconceito: Empresa pede para que funcionários não façam sexo com pessoas da cidade

Uma campanha elaborada por uma empresa de Santa Cruz do Sul (RS) pede para que as pessoas não tenham relações sexuais com moradores da região por conta do número de soropositivos; secretaria de Saúde do município considera o ato "criminoso" e "discriminatório"